Feto em lixo hospitalar de Ceilândia localizado em aterro de Uberaba.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram



Um feto foi encontrado na manhã de ontem em um aterro sanitário às margens da avenida Filomena Cartafina, em Uberaba – MG.Segundo registro da Polícia Militar, o feto estava entre os resíduos de lixo hospitalar que foram trazidos de Ceilândia (DF) pela empresa Stericycle Gestão Ambiental, especializada em coleta e transporte de resíduos hospitalares e industriais.
A diretoria da empresa afirmou que está apurando o caso.

A Polícia Militar foi chamada por uma funcionária da empresa por volta de 9h de ontem. O feto foi encontrado entre os resíduos de hospital que foram despejados no aterro sanitário desta empresa. Segundo a PM, o feto, formado, tinha aproximadamente 20 centímetros de comprimento.
A perícia foi chamada até o aterro sanitário e constatou que o feto estava dentro de um vidro etiquetado, estava bem formado e era do sexo masculino. O vidro, segundo a perícia, era de hospital, tinha data na etiqueta e o nome de uma mulher. O vidro foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).
O diretor comercial e operacional da Stericycle Gestão Ambiental, Miguel Henrique Gastão de Oliveira, afirmou que ficou sabendo do ocorrido no início da tarde. Ele afirmou ainda que não é procedimento da empresa descartar fetos da forma como foi encontrado.
Segundo Miguel, o caso já está sendo apurado e que ainda não tinha uma versão oficial sobre qual a origem do feto. No entanto, até o início da próxima semana terá uma posição sobre o caso. A reportagem do Jornal da Manhã entrou em contato com a direção da Soma Ambiental, local onde o lixo foi descartado, mas os responsáveis estavam em reunião na tarde de ontem e não retornaram às ligações.

Informaçõea do Jornal da Manha.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: