Fila para o PSD.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Fila para o PSD
Foto: Andressa Anholete

A deputada distrital Eliana Pedrosa já confirmou a filiação ao
novo partido. Raad Massouh, Celina Leão, Dr. Michel e Liliane Roriz
podem ser os próximos

 

Priscila Mesquita_Brasília247 – A formalização do Partido Social
Democrático (PSD) – com a aprovação do registro nesta terça-feira pelo
Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – vai mexer com os blocos na Câmara
Legislativa. Pelo menos quatro deputados distritais estudam deixar as
legendas pelas quais foram eleitos para ingressar no novo partido,
idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e presidido no
DF pelo ex-governador Rogério Rosso. Eles têm 30 dias para tomar a
decisão e mudar de partido. De acordo com a lei, se excederem o prazo,
os deputados podem perder o mandato. Eliana Pedrosa (DEM) já anunciou
que fará a troca.
Políticos eleitos podem mudar de partido sem correr risco de ser
acusados de crime de infidelidade partidária quando a legenda é nova.
Rosso acompanhou a discussão no TSE ao lado de Kassab, na casa do
deputado Fábio Faria (PMN-RN), que também vai para o PSD. Ao final,
comemoraram a decisão, mas iniciaram imediatamente uma reunião. “O
momento é de alegria, mas de muita responsabilidade”, avalia Rosso.
Ele reconhece que agora – com a palavra final do TSE – muitas das
articulações terão desfecho rápido. Raad Massouh está com as conversas bem adiantadas e
deve ser o próximo a anunciar o desembarque do DEM. Celina Leão (PMN) também já esteve com Rosso. Dr.
Michel (PSL) conversará hoje à tarde com Kassab. Liliane Roriz (PRTB)
tem no pai, o ex-governador Joaquim Roriz, um dos maiores entusiastas
pela mudança, mas não decidiu. Ela ainda tem problemas pessoais
originados na eleição passada a resolver com Rosso e sua família, da
qual é muito amiga.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: