Formosa -GO : Pedro Ivo denunciado por improbidade administrativa.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

                                                      Pedro Ivo, prefeito de Formosa:
                                                              “Não é nada que não possa ser revertido”

O pre­fei­to de For­mo­sa, Pe­dro Ivo (PP), aguar­da a no­ti­fi­ca­ção da Jus­ti­ça pa­ra res­pon­der a ação de im­pro­bi­da­de ad­mi­nis­tra­ti­va pro­pos­ta pe­lo pro­mo­tor Wag­ner de Ma­ga­lhã­es Car­va­lho por au­to­pro­mo­ção. Se­gun­do o pro­mo­tor, Pe­dro Ivo co­me­teu uma “es­pé­cie de es­te­lio­na­to so­ci­al, vul­ne­ran­do os prin­cí­pios ad­mi­nis­tra­ti­vo-cons­ti­tu­ci­o­nais da le­ga­li­da­de, da im­pes­so­a­li­da­de, da mo­ra­li­da­de ad­mi­nis­tra­ti­va e da le­al­da­de às ins­ti­tu­i­ções pú­bli­cas”.  E de acor­do com a ação, o pre­fei­to te­ria apro­vei­ta­do de ser­vi­ço re­a­li­za­do pe­la Celg pa­ra “lus­trar sua ima­gem, me­di­an­te o en­gen­dra­men­to de um ce­ná­rio de cu­nho au­to­pro­mo­cio­nal e elei­to­rei­ro”. O ser­vi­ço em ques­tão foi a sub­sti­tui­ção de par­te do sis­te­ma de ilu­mi­na­ção pú­bli­ca do mu­ni­cí­pio, in­ves­ti­men­to que não con­tou com con­tra­par­ti­da fi­nan­cei­ra da pre­fei­tu­ra. Mes­mo as­sim, um trio elé­tri­co, com fai­xas e ban­ners com fo­to­gra­fi­as de Pe­dro Ivo da­va a en­ten­der que o be­ne­fí­cio era re­sul­ta­do da boa von­ta­de e da efi­ci­ên­cia do pre­fei­to.

O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co re­que­reu a con­de­na­ção do pre­fei­to com per­da da fun­ção pú­bli­ca, sus­pen­são dos di­rei­tos po­lí­ti­cos, pa­ga­men­to de mul­ta ci­vil e a pro­i­bi­ção de con­tra­tar com o po­der pú­bli­co. 
 
A no­tí­cia caiu co­mo uma bom­ba em For­mo­sa. A opo­si­ção afir­ma que o pre­fei­to che­gou a anun­ci­ar que não vai dis­pu­tar a re­e­lei­ção em 2012. Pe­dro Ivo não con­fir­ma e tam­bém não co­men­ta a de­nún­cia. “Não é bom dis­cu­tir de­ci­são do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co”, afir­ma, cau­te­lo­so, mas se diz oti­mis­ta em re­la­ção ao pro­ces­so. “Não é na­da que não pos­sa ser re­ver­ti­do.” Pe­dro Ivo faz par­te do PP que apoi­ou a can­di­da­tu­ra de Mar­co­ni Pe­ril­lo (PSDB) pa­ra o go­ver­no e acre­di­ta no apoio dos tu­ca­nos. Mas não es­tá so­zi­nho nes­se plei­to. O de­pu­ta­do Ita­mar Bar­re­to, que de­ve tro­car o DEM pe­lo PSD, tam­bém quer o apoio do go­ver­na­dor e tem a seu la­do o se­cre­tá­rio da Ca­sa Ci­vil, Vil­mar Ro­cha (DEM).
 

Am­bos de­vem con­cor­rer com o pro­cu­ra­dor-ge­ral de Go­i­â­nia, Er­nes­to Rol­ler, que vai mi­grar do PP pa­ra um par­ti­do de opo­si­ção a Mar­co­ni — pro­va­vel­men­te PSB, PDT ou PMDB.

Jornal Opção.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: