Servidor comissionado da secretaria de trabalho vendia vagas de trabalho, afirma Chico Vigilante.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Apesar de os noticiários denunciarem diversas modalidades de golpes contra pessoas desempregadas à procura de uma vaga no mercado de trabalho, muita gente ainda cai em muitas armadilhas, seja por boa fé ou desespero. Um exemplo disso foi uma denúncia postada hoje (1º/7), no facebook do deputado Chico Vigilante por um candidato a uma vaga de vigilante. José William relata que fez o curso e estava a procura de uma oportunidade de trabalho, quando soube por um conhecido que um servidor comissionado da Secretaria de Trabalho, Francisco Herlando Rodrigues , conseguia emprego na área mediante pagamento de R$5 mil. As vagas eram exclusivas para candidatos a uma primeira vaga de vigilante. Francisco se valia do cargo na SETRAB para dar o golpe nos candidatos em busca da primeira vaga na profissão.


“A história foi passada de boca em boca e assim chegou até mim. Um amigo me disse que o Francisco conseguia o emprego, na verdade, vendia a vaga. E eu paguei por uma”, explica William. A metade do valor, R$2.500, era entregue a Francisco no ato da conversa. A outra metade seria paga após 30 dias de trabalho.

José William, juntamente com outras pessoas lesadas pelo suposto golpista, registrou ocorrência na 15ª DP da Ceilândia na tarde de hoje. “Só aqui são 15 pessoas lesadas, mas ele enganou muito mais gente. Ele ganhou muito dinheiro com este golpe, pra mais de R$500 mil”, reclama José William. Ele explica que foi levado por um amigo até a casa do farsante, que morava em uma casa na Ceilândia Leste. Foi recebido pelo próprio Francisco, que o atendeu e garantiu a vaga de emprego. “Como era funcionário da Secretaria de Trabalho, eu acreditei, comprei a vaga e paguei a primeira parcela”, lamenta William.
Tão logo teve acesso ao post na sua página no facebook, o deputado Chico Vigilante falou com José William pelo telefone para saber os detalhes da denúncia. Depois de ouvir o relato do rapaz e o orientar, Chico ligou imediatamente para o diretor da Polícia Civil do DF, Jorge Luiz Xavier.  “Isso é estelionato, falsidade ideológica e pode ter muito mais gente envolvida no esquema. Pode ser a ação de uma quadrilha. É caso de cadeia”, disse o deputado.

“Eu tenho certeza que a Polícia Civil investigará devidamente e, se comprovado, o que parece claro, não medirá esforços para colocar esse vagabundo, bandido, na cadeia”, esbraveja o parlamentar. Chico também argumenta que casos como este deve servir de alerta para que outras pessoas não caím nesse tipo de golpe. “Isso não existe. Empresa nenhuma contrata vigilante desta forma e se alguma o fizer deve ser denunciada na hora”, afirma.

Segundo informações da Assessoria de Comunicação da SETRAB, Francisco pediu exoneração na última quinta-feira (25). O ato foi publicado dois dias depois, coincidindo com as primeiras denúncias do suposto golpe. Ainda de acordo com informações da Ascom da SETRAB, foi feito um levantamento preliminar e, de fato, foi apontado que o servidor oferecia vagas de vigilante e também de serviços gerais. 

Se for comprovada a fraude, o servidor vendia um falso serviço duas vezes já que a Secretaria de Trabalho não faz contrato na área de vigilância, apenas a Secretaria de Planejamento tem competência para isso.
Um processo administrativo disciplinar foi aberto na Secretaria de Trabalho para que o servidor possa se defender caso tenha havido algum mal entendido. Contudo, se comprovado o golpe, o que tudo indica, o ato de exoneração é desfeito e Francisco será exonerado. Desta forma, perderá os direitos políticos por oito anos. Ou seja, não poderá tomar posse em concurso público nem se candidatar a cargo eletivo algum.  O caso foi encaminhado pelo secretario de Trabalho, Bispo Renato Rodrigues, à Polícia Civil. 


NOTA DO BLOG: Resolvemos omitir o sobrenome do funcionário até as investigações da polícia e da Secretaria de trabalho serem concluídas.


Informações ascom Deputado Chico Vigilante  

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: