Fundo de Amparo ao Trabalhador: Desvio de ONGs chega a 100%

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O deputado brasiliense Izalci Lucas, hoje no PSDB, rastreou a aplicação de recursos do Fundo de Assistência ao Trabalhador, FAT, que deveriam ser investidos em qualificação profissional. Constatou que há muitos anos são entregues a ONGs que, segundo ele, “têm como único objetivo desviar os recursos públicos”.

Foi criada uma CPI das ONGs, que não deu absolutamente em nada. Aí, Izalci resolveu conduzir sua própria investigação. Relacionou as do Distrito Federal e procedeu a  uma auditoria dessas ONGs. Ficou pasmo. Nas palavras dele próprio, “não era desvio de 10%, nem de 30%, nem de 40%, nem de 90%, era de 100%”.

Melhor que esse, só o próximo
Referindo-se às denúncias relativas ao Ministério do Trabalho,  Izalci acredita que “o escândalo da semana passada que se estendeu por esta semana” vai durar apenas até a semana que vem. “Claro, “argumenta ele, “na semana que vem, nós teremos outro escândalo”.

Por Eduardo Brito / Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: