Garoto é baleado na porta da escola em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O estudante H.J.S., de 15 anos, foi baleado ao sair do Centro de Ensino Médio 4, localizado na Área Especial 14, em Ceilândia. O adolescente esperava o ônibus em uma parada em frente ao colégio quando foi abordado por dois assaltantes. Armados, os homens se aproximaram do garoto e anunciaram o assalto.

A ação foi muito rápida e surpreendeu o estudante. Atônito, nem sequer teve tempo para pensar ou ter qualquer atitude. Um dos ladrões gritou com o garoto para que entregasse logo os objetos, sem chamar a atenção de curiosos. Impaciente diante da reação, o ladrão disparou um tiro no pé do estudante. Felizmente, o projetil atingiu o tênis, de raspão. O barulho chamou a atenção de quatro policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar (Ceilândia) que passavam nas proximidades em um carro descaracterizado. Os PMs se aproximaram.

Um deles deu voz de prisão  aos delinquentes. No entanto, os suspeitos não se intimidaram. Cada um correu para um lado. Houve disparo contra os policiais e troca de tiros. Na opinião dos militares, o ladrão que conseguiu fugir ficou ferido. O cúmplice, identificado como F.F.P.M., de 18 anos, acabou preso em flagrante. Levado para a 32ª DP (Setor P Sul, Ceilândia) foi autuado por roubo e tentativa de assassinato qualificado. Transferido para o Departamento de Polícia Especializada (DPE), vai aguardar decisão judicial. Se for condenado, pode pegar pena de 20 anos de reclusão.
 
O estudante ficou muito assustado. Com medo, não quer continuar na escola. Os pais o mandaram para a casa da avó e conseguiram a transferência para outro colégio. Segundo a mãe do adolescentee, foi a primeira vez que ele teve uma arma apontada para a cabeça. Talvez por isso tenha demorado a refletir sobre o assalto e o risco de vida que corria.

http://www.jornaldebrasilia.com.br

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: