GDF divulga nota sobre reportagem de “Veja”.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Sobre as informações contidas na reportagem “O senador desce aos infernos”, publicada na edição 2.263 da revista Veja, o Governo do Distrito Federal esclarece:


1) Na sexta-feira, 30 de março, a Polícia Federal encaminhou ofício à Corregedoria da Polícia Militar do Distrito Federal, dando ciência de articulações feitas em janeiro de 2011 para a nomeação do tenente coronel Paulo Abreu para o cargo de diretor-geral do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) ou para o cargo de diretor de operações desta mesma empresa pública.

2) Tais articulações, segundo a PF, tinham por objetivo atender a interesses do senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira.

3) O tenente coronel Paulo Abreu jamais foi nomeado para qualquer dos cargos, o que significa dizer que as articulações não obtiveram sucesso no âmbito do GDF.

4) Tendo tomado conhecimento do fato, o Governo do Distrito Federal tornou sem efeito a nomeação, publicada nesta mesma sexta-feira, 30 de março, do tenente coronel Paulo Abreu para o comando do Segundo Batalhão da PMDF, na cidade de Taguatinga, pelo menos até o encerramento da investigação aberta pela Corregedoria da PMDF.

5) Como resta comprovado pela própria investigação da PF, o Governo do Distrito Federal informa que o grupo liderado pelo senhor Carlos de Almeida Ramos jamais participou da escolha de ocupantes de cargos públicos ou obteve ingerência em qualquer outra área da administração.

Ugo Braga
Porta voz do Governo do Distrito Federal

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: