GDF EXPLICA ENTREGA DE BICICLETAS DO PROGRAMA CAMINHO DA ESCOLA.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O GDF divulgou nota informando que todos os alunos que participaram
da solenidade de lançamento do “Caminho da Escola”, dia 26 de agosto
último, no Recanto das Emas, foram informados de que só receberiam as
bicicletas após cumprirem todos os requisitos – cadastro de adesão,
curso de formação, avaliação médica, distribuição de carteirinhas de
condutores, além da assinatura de termo de responsabilidade.


A nota explica também que “as próprias peças publicitárias do governo
enfocaram o lançamento do programa e o pioneirismo da iniciativa. A
comunicação feita pelo GDF, tanto à imprensa quanto por meio da
publicidade, deu destaque para o lançamento do projeto e o envolvimento
da RA do Recanto das Emas nesta iniciativa.”
E mais: “Os textos publicitários diziam: “Três mil e trezentos
estudantes do Recanto das Emas vão ganhar bicicletas para ir às aulas. O
programa Caminho da Escola está em implantação e os alunos terão curso
de condução e segurança no trânsito.”



Leia a íntegra da nota do GDF


Programa “Caminho da Escola”


“O Governo do Distrito Federal está implantando, desde o final de
agosto, o programa piloto “Caminho da Escola” – Transporte Escolar por
Bicicletas no DF – em parceria com o governo federal. A entrega de
bicicletas é a última etapa do programa, precedida por cadastro de
adesão, curso de formação (condução defensiva, manutenção de bicicletas e
cicloativismo), avaliação médica, distribuição de carteirinhas de
condutores e assinatura de termo de responsabilidade.


Essas etapas que antecedem a definitiva entrega das bicicletas são
fundamentais para garantir a segurança dos estudantes e o bom uso do
equipamento. Todos os alunos que participaram do ato de lançamento do
Caminho da Escola, dia 26 de agosto, estavam devidamente informados de
que só receberiam as bicicletas após cumprirem todos os requisitos. Até
que essas etapas sejam concluídas, no interesse do patrimônio público e,
acima de tudo, da segurança dos estudantes. As bicicletas são mantidas
em local seguro, sob a responsabilidade do GDF.


As próprias peças publicitárias do governo enfocaram o lançamento do
programa e o pioneirismo da iniciativa. A comunicação feita pelo GDF,
tanto à imprensa quanto por meio da publicidade, deu destaque para o
lançamento do projeto e o envolvimento da RA do Recanto das Emas nesta
iniciativa. Os textos publicitários diziam: “Três mil e trezentos
estudantes do Recanto das Emas vão ganhar bicicletas para ir às aulas. O
programa Caminho da Escola está em implantação e os alunos terão curso
de condução e segurança no trânsito.”


Para além do transporte escolar, este programa vai inserir na grade
curricular dos estudantes o debate de uma nova proposta de mobilidade
urbana, mais saudável e que poderá diminuir os deslocamentos em veículos
poluentes, melhorando a qualidade de vida e diminuindo o gasto da
população com transporte. Por meio do “Caminho da Escola”, o GDF vai
assegurar para os estudantes do Recanto das Emas – a cidade com a maior
extensão de ciclovia no DF – acesso fácil e rápido à escola. Ao todo,
3,3 mil alunos têm potencial para receber as bicicletas, pois depende do
interesse de cada aluno em aderir à iniciativa.


Atualmente, cerca de 300 estudantes do Centro de Ensino Médio nº 111
(Recanto das Emas) estão em fase final do curso de formação e, nas
próximas semanas, estarão aptos a conduzir as bicicletas do programa.
Eles já tiveram seus pré-cadastros analisados e entram, portanto, na
fase final do programa, podendo, na sequência, formalizar a adesão e
levar suas bicicletas para casa. Os estudantes receberão carteirinhas de
condutores e os pais ou responsáveis assinarão termo de
responsabilidade sobre os veículos”.
Blog do Donny Silva, com informacoes do Blog do Honorato.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: