GDF firma parceria com ONU para estruturas temporárias.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Organização, que participou da Rio+20 com o governo federal, vai colaborar na montagem de espaços que ficarão na área externa do Estádio Nacional durante os jogos de 2013 e 2014
O Governo do Distrito Federal firmará parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU), por meio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), para o fornecimento de estruturas temporárias exigidas pela FIFA a todas as cidades-sede. Elas ficarão ao redor do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha durante a Copa das Confederações, em junho de 2013, e na Copa do Mundo, em 2014. O acordo está em processo de assinatura.

“Com esse modelo, o GDF buscou o máximo de eficiência e transparência. Além de reduzir custos e acelerar os processos, esses convênios proporcionam a troca de experiências, que ficará como legado para o Distrito Federal”, explica o secretário Extraordinário da Copa, Claudio Monteiro. O contrato, que engloba os eventos de 2013 e de 2014, é de R$ 34 milhões, o que representa uma economia de aproximadamente R$ 15 milhões em relação aos valores estimados por outras cidades-sede para o mesmo serviço.
O convênio firmado com a ONU não tem qualquer relação com as obras do Estádio, que estão dentro do cronograma e alcançaram 94% de execução. “Eles (ONU) vão nos ajudar com estruturas temporárias. Não tem nada a ver com estádio, mas com os eventos (Copa das Confederações e Copa do Mundo)”, esclarece. A arena será inaugurada no dia 21 de abril.
Transparência – A ONU, via PNUD, possui experiência na realização de grandes eventos, além de agir com responsabilidade e credibilidade. “Estamos buscando o melhor, o máximo de expertise, credibilidade e transparência que é a ONU”, acrescenta o secretário. O contrato ocorrerá da mesma forma como o celebrado com o governo federal para a realização da Rio+20, quando a organização forneceu estrutura temporária para a conferência internacional.
A parceria ocorrerá por meio de Termo de Cooperação Técnica junto à Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), que é a proprietária do Estádio Nacional. As estruturas temporárias serão usadas, por exemplo, para a recepção de convidados da FIFA, autoridades e jornalistas do país e do exterior. Também vai garantir, ainda, outros equipamentos essenciais aos eventos, como o fornecimento de geradores, equipamentos de informática, mobiliário provisório para as tendas externas e o cercamento das áreas.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: