GDF lança Programa Jovem Educador.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Programa vai selecionar 2,9 mil alunos para trabalhar como monitores a fim de dar suporte às atividades dos ensinos Integral, Infantil, Fundamental e Médio da rede pública

Começam na próxima segunda-feira (06) as inscrições dos candidatos para o Programa Jovem Educador. 2,9 mil jovens voluntários selecionados darão suporte às atividades de educação integral na Educação Infantil, Ensino Fundamental – anos iniciais e finais – e Ensino Médio, e atuarão em laboratórios de informática de escolas públicas do DF.
As regras do processo seletivo estão disponíveis no site da Secretaria de Educação do DF.

O trabalho do candidato é considerado de natureza voluntária, tal como estabelecido na Lei nº 9.608/1998. Caberá à SEDF o ressarcimento mensal no valor de R$ 462,00, para custear alimentação e transporte dos agentes. O recurso será repassado diretamente às unidades escolares, por meio do Programa de Descentralização Administrativa (PDAF).
De acordo com o edital, haverá um jovem educador voluntário para cada grupo de 20 estudantes atendidos em jornada de tempo integral e para cada unidade escolar que possua laboratório de informática e não ofereça Educação Integral; serão destinados também, dois Jovens Educadores Voluntários de Tecnologia. As escolas de Ensino Médio que aderiram à política de semestralidade contarão com vinte voluntários cada uma.
O edital também define que os jovens educadores serão selecionados em cinco categorias: Jovem Educador de Apoio, que tem por função atuar diretamente com as crianças/estudantes, dando o apoio necessário as suas necessidades educativas e biopsicossociais; Jovem Educador de Cultura, cuja função estará vinculada às atividades pedagógicas do currículo complementar da Educação Integral; Jovem Educador de Tutoria, que desenvolverá atividades com estudantes da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, auxiliando-os no processo de ensino-aprendizagem; o Jovem Educador Universitário, que atuará diretamente com o estudante do Ensino Médio, auxiliando-os no processo de ensino-aprendizagem,e o Jovem Educador de Tecnologia, que desenvolverá atividades nos laboratório de informática, em todos os níveis de ensino, nas escolas que não ofertam Educação em tempo integral.
De acordo com o secretário de Educação do DF, Denilson Bento da Costa, o programa inovador no Brasil está em consonância com a meta do governo de proporcionar educação integral para toda a rede pública de ensino. “O GDF está empenhado em fortalecer o protagonismo juvenil em 2013 e de reconhecer e valorizar a juventude que se identifica com a escola. Além disso, está construindo novas escolas e ampliando o atendimento à educação em tempo integral”.
Inscrição
A inscrição dos candidatos será realizada na escola, junto à Comissão de Seleção de Voluntários, em formulário próprio, de 06 a 15 de maio de 2013. O formulário está disponível, no Anexo VI, do edital.
A convocação e formação dos agentes selecionados serão de 27 a 29 de maio e o início das atividades será em 03 de junho.
É requisito para inscrição, no caso de estudantes, comprovar a matrícula em instituição de ensino pública ou particular – no caso de Ensino Superior – e em instituição pública, se estudante do Ensino Médio. A idade mínima de 16 anos também é exigida para os estudantes do ensino médio.
Caso o candidato não seja estudante, no ato da inscrição deverá apresentar comprovação de saberes próprios para o exercício das atividades a que se propõe, além de ter idade mínima de 16 anos.
O resultado do processo seletivo será divulgado pelas escolas e também estará disponível no site da SEDFwww.se.df.gov.br. O processo seletivo terá validade para o ano letivo de 2013, podendo ser prorrogado por mais um ano letivo, a critério da SEDF.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: