GDF retira R$ 5,7 milhões da habitação e obras para fazer eventos.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
A realização de eventos parece estar à frente da construção de casas e obras de urbanização na lista de prioridades do GDF. Em menos de 15 dias, o governo repassou R$ 5,7 milhões para que a Secretaria da Casa Civil organize feiras, congressos e conferências.

O mais grave: a quantia foi retirada da construção de casas e de obras de urbanização.

As publicações no Diário Oficial do DF foram percebidas pela deputada Eliana Pedrosa (PPS). Segundo ela, no dia 25 de outubro decreto 34.759/13 retirou R$ 2,3 milhões da Secretaria de Habitação. “Essa quantia seria usada na construção de casas em Ceilândia como contrapartida do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Agora está destinada para a realização de eventos organizados pela Casa Civil do DF. Uma total inversão de prioridades”, criticou a parlamentar.

Já no dia 6 de novembro, foi a vez da Secretaria de Obras perder orçamento. O decreto 34.800/13 cancelou R$ 3,4 milhões da Secretaria de Obras, que seriam usados na urbanização de diversas áreas do DF, e colocou à disposição da Casa Civil para o mesmo fim. “Tenho certeza que a população não colocaria entre suas prioridades a realização de eventos. É uma total falta de gestão dos recursos públicos”, finalizou Eliana Pedrosa.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: