Governo culpa passageiros por problemas no metrô de Brasília

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


De acordo com o Governo de Brasília, o tumulto provocado no metrô-DF na última
quinta-feira (03),  foi causado depois que um dos botões de emergência foi acionado após falha no
sistema pneumático de um dos trens. Os trens estavam superlotados,  durante a falha houve confusão e os
passageiros entraram em pânico. Sem informações do que estava acontecendo, e no
desespero de tentar socorrer mulheres desmaiadas dentro dos vagões, os usuários
tiveram que quebrar janelas para escapar.

Pelo menos seis pessoas se feriram. Uma mulher quebrou o pé esquerdo ao
tentar saltar do trem. A auxiliar de serviços gerais Layane Caroline Soares de
Souza 22 anos foi transportada pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência
(Samu) para o Hospital Regional do Gama. Ela contou que os passageiros
quebraram os vidros com extintores de incêndio para descerem dos vagões.
“Foi muito desespero. Eu pensei que eu ia morrer”, desabafou.
O auxiliar de registro Adson Paco Souza, 29 anos, seguia para Samambaia
quando o trem falhou. “O trem parou na Estação Arniqueiras, andou cerca de 100
metros, freou bruscamente e apagou a luz. Todo mundo ficou preso. Começaram a
gritar, gente passando mal, uma mulher grávida ficou nervosa, caiu. Foi quando
o pessoal começou a quebrar tudo por causa do calor e acionamos o botão de
emergência”, contou Adson.
Diante
do caos causado por um sistema antigo e cheio de falhas, o GDF se limitou a
afirmar em uma nota, que seis trens foram depredados pela população, porque os
passageiros “se incomodaram com o calor”. 



Entenda o caso


Uma falha no sistema de tubulação do Metrô-DF prejudicou a volta para casa na noite desta quinta (3) e causou pânico nos usuários. A falha ocorreu na Estação Arniqueiras, em Águas Claras.


De acordo com o Metrô-DF, por volta das 17h30, o sistema de abertura e fechamento de portas dos trens apresentou defeito. Os usuários começaram a passar mal e quebraram as janelas devido ao calor dentro dos trens. Por segurança, todo o sistema foi desligado. Até às 19h30, o caos ainda era completo em todas as estações. Por volta das 20h, o sistema foi normalizado, informou o Metrô-DF.



Segundo o SAMU, foram enviadas oito ambulâncias apenas para a estação Arniqueiras. O Corpo de Bombeiros informou que noves passageiros foram socorridos para hospitais das proximidades com desmaios e tonturas, mas nenhum registro de casos mais graves. 

Da redação 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: