Governo do DF cancela compra superfaturada e MP vai investigar.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O Papai Noel com o saco cheio de dinheiro suspeito foi barrado na portaria. Após denúncia da Coluna, a Secretaria de Saúde do Governo do Distrito Federal decidiu cancelar ontem a compra superfaturada em mais de R$ 3,5 milhões do aparelho Lokomat Pro.

No mercado, o equipamento de fisioterapia custa R$ 1 milhão, com impostos e instalado, mas o secretário de Saúde do DF, Rafael Barbosa, assinou nota de empenho de R$ 4,58 milhões em contrato sem licitação com a BioAlpha, empresa fornecedora de produtos hospitalares no Rio de Janeiro.
Os senadores Cristovam Buarque (PDT-DF) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) estudam ação conjunta para provocar o Ministério Público a investigar o caso. ‘A denúncia é grave e deve ser apurada’, diz o socialista.
Ontem, a assessoria jurídica do senador Rollemberg tomou a iniciativa de preparar a ação para provocar investigação também do Tribunal de Contas do DF. Ex-governador, o senador Cristovam ficou indignado e alertou aliados na Câmara Legislativa do DF.
Na Terça, a assessoria da Secretaria de Saúde informou que o processo ‘não foi finalizado’, sem explicitar. Ontem enviou uma nota, cuja autenticidade é muito suspeita, de que a compra foi cancelada dia 13 de Novembro.  Mas sem qualquer autenticação que comprove a data.
Não houve na data supracitada publicação de Princípio de Publicidade no D.O. que confirme o cancelamento do contrato. Há apenas dois registros envolvendo a BioAlpha e a Secretaria: um dia 16 de Agosto, sobre a ratificação de inexigibilidade de licitação, e outro dia 23, que confirmou o contrato. Nada mais. (veja abaixo)
O secretário Rafael é candidato a deputado federal. Ele é amigo do peito dos lobistas Tadeu Roriz e André Moura. Quem intermediou a compra frustrada foi Jorge Pinel, através da BioAlpha.
O deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF) subirá à tribuna para cobrar investigação. A deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), que se trata em aparelho similar em São Paulo, também exigirá lupa.
bioalpha
A Ratificação de Inexigibilidade de Licitação, no D.O. do DF, dia 16 de Agosto, entre a Secretaria de Saúde do GDF e a BioAlpha, para a compra do equipamento superfaturado
DOSaudeDF-extratocontratual
O Extrato de Contrato , no DO do dia 23, dois dias após a assinatura
Coluna Esplanada / Imagem reprodução web

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: