Governo tem R$ 13 milhões para construção de UPAs, mas não utilizou recurso

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Secretaria de Saúde do
Distrito Federal tem R$ 13 milhões em caixa, destinados à construção de UPAs
(Unidades de Pronto Atendimento). Os recursos do Fundo Constitucional e do SUS
(Sistema Único de Saúde), no entanto, não foram utilizados. Entre 2009 e 2014
foram utilizados mais de R$ 50 milhões para a construção das Unidades de Ponto
Atendimento.

O secretário de Saúde, Fábio
Gondim, afirma que o governo não tem dinheiro para complementar os recursos
federais. 
— Não há recurso para
construir UPA no orçamento O orçamento elaborado pelo governo anterior, que nós
estamos executando agora, não prevê essa contrapartida. 
O presidente do Sindicato dos
Médicos, Guttemberg Fialho, defende o uso do dinheiro para custos emergenciais,
como pagamento de fornecedores.

— A prioridade neste momento é
pagar os fornecedores, comprar medicamentos e contratar pessoal, portanto, se o
dinheiro existir, a prioridade não é construção de UPAs, até porque não se
constrói sistema de saúde construindo UPAs. É investindo em atenção primária,
prevenção e profilaxia.

Informações do portal R7

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: