GPT prende armeiros dos criminosos em Águas Lindas.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

TVCMN – Dandocontinuidade às operações de combate ao tráfico de drogas no Setor Cidade do Entorno, determinadas pelo Comandante da 35ª CIPM, uma equipe do GPT em patrulhamento nessa segunda feira por volta das 12h00m, suspeitou de dois elementos em uma moto, um deles com uma mochila nas costas. Ao tentarem a abordagem, o piloto da moto empreendeu fuga em alta velocidade, pulando quebra-molas, fazendo ultrapassagens perigosas, passando sobre meios-fios, desobedecendo às ordens de parada que lhes foram  dadas por var várias vezes, ate que, próximo ao Colégio Cidade do Entorno caíram com a moto e um deles foi imediatamente preso e o outro saiu correndo por entre as quadras, mas também foi alcançado e preso. Veja mais fotos.

Na busca pessoal e nas imediações, encontraram uma considerável quantidade de maconha, que havia sido dispensada por um dos elementos no momento da queda. Em que também identificaram os elementos como sendo, Willian Carneiro de Souza 29 anos e Rodrigo Oliveira Rodrigues 21 anos, ambos  com passagem pelo Artigo 121 (homicídio). Desconfiados, os policiais resolveram por fazer uma busca na casa de Willian que é serralheiro. 

Ao vistoriarem a residência, encontraram no forno do fogão um revólver calibre 44 com 5 munições intactas e 3 deflagradas. Continuando a vistoria, os policiais encontraram várias armas em fase de fabricação, sendo que uma delas é de alto poder de fogo. Foram encontradas outras que estavam sendo remontadas, caracterizando assim que o serralheiro Willian, também é armeiro dos criminosos. Com eles também foram encontrados até uma importância em dólares. Os dois marginais e toda parafernália foram levados para Delegacia e entregues ao Dr. Fernando Lima Delegado chefe de Águas Lindas e serão indiciados no artigo 16  (posse ilegal de arma de fogo) e 17 (adulterar arma) ambos do Estatuto do Desarmamento. Já pela maconha apreendida, poderão ser processados por portaria, pois não foram encontrados indícios que caracterizasse o tráfico, mas como a quantidade é considerável  o Delegado vai buscar o amparo para puni-los.       

A operação foi executada pela equipe do GPT composta pelo Cabo Lino, soldados Oliveira, J. Gomes e Rudney, com o apoio das demais viaturas de área e da PM Diagonal do 17º e 35ª CIPM.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER: Considerando o bom trabalho  da PMGO de Águas Lindas, podemos dizer que o que falta é aparelhar melhor os policias e pagar-lhes salários dignos do trabalho que executam. Carlos Leal, na ponta da língua.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: