Grupo de rap M2R lança seu segundo CD original, apesar da falta de apoio e incentivos culturais em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Histórico

Marcelo Dantas conhecido por Mkjay, integrante e líder do grupo M2R, começou sua
trajetória na Cultura Hip Hop com seu primeiro Grupo de rap em Ceilândia em 1999, já no começo da carreira dividiu palco com grandes nomes do rap da
época, Eddie blue, Força Suprema, Discípulos da Luz e outros nomes, em 2001
gravou uma mix tape junto com Mano Dú e Aljay, dois rappers de Ceilândia, mais não chegaram a lançar, ficou parado por um tempo devido a problemas
particulares e voltou em 2003 fazendo algumas produção junto com Walter, que fazia parte do Grupo Gênesis no estúdio do DJ Chokolaty, mais sem
muito apoio ficou no meio do caminho sem poder gravar.





Em 2006 gravou uma mix tape junto com Mano-P e Renato e lançaram um CD
promocional sem venda e sem retorno financeiro, no mesmo ano participou do segundo Disco do Guerreiro, que fazia parte do grupo Unidade Cristã, e que contou com a participação de grandes nomes do rap nacional, inclusive Mano Mix que
foi DJ do GOG por muitos anos, em 2008 participou do CD do Grupo Força Suprema, na faixa da Música “Dias Nebulosos”, um ano depois em janeiro de 2009 conheceu o rapper Marciel Almeida, conhecido por Maic-x, com uma longa trajetória  no rap nacional, em
2000 já com a segunda formação composta por Docki e Valdez gravaram algumas músicas, mais
não chegaram a lançar o CD, na época participaram do concurso Abril Pró Rap, ficando em 3º lugar, c
om a terceira posição no concurso, puderam gravar uma música em
uma coletânea promocional feita na época. 


Em 2006 Maic-x desfez a parceira e se juntou com
Docki, cabeça e Rogerio, hoje atual DJ do Grupo, gravaram e lançaram um CD em
Goiânia, chegaram a dividir palco com grandes nomes do Rap goiano, como o DJ Fox, Conexão Suburbana, Caçadores de Harmonia e outros nomes da cidade. 
O grupo participou da gravação do DVD 100% correria em ceilândia, em um
grande show com vários nomes do rap nacional, Voz sem medo, Liberdade Condicional
e tantos outros. 


Nesse CD fizeram shows
fora de Brasília, em Goiânia, Nova Veneza de Goiás, Inhumas-GO, Aragoiânia, Anápolis, Santa
Teresina de Goiás, Aparecida de Goiânia, Palmas-to, Porto nacional-TO e tantos
outros, dividiram palco com outros grande nomes do Rap nacional, entre eles, Provérbio-X, DJ
Jamaika, Marcio Atack versus-SP, Rei Cirurgia Moral, Voz sem medo, Tropa de Elite, Tribo da periferia, Look 3 um só, Sobreviventes de Rua, GOG, Facção
Central, Realidade Cruel, Anistia e tantos outros ai. 

Já com a formação atual, juntaram-se ao grupo o DJ
Zen e o beck Vocal Breno Wilker,  juntos gravaram em estúdio um CD original do grupo, com o título “A Batalha só acaba quando sua
alma for salva”, com dificuldades e sem apoio cultural, o CD ficou pronto esse ano, e conta com as participações especiais da Tribo da Periferia e Look, o CD foi gravado nos estúdios Gibesom produções e indústria Kamika-z! considerados um dos melhores estúdios do rap. 

Assessoria de imprensa M2R e Blog do Protázio

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: