Grupo indígena leva suas tradições às escolas da rede pública de Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O objetivo do projeto é promover o intercâmbio cultural e mostrar a importância dos índios para os jovens

As escolas da rede pública do Distrito Federal recebem o projeto
Diversidade Indígena, que promove o intercâmbio cultural com os alunos até o
dia 8 de maio (terça-feira), com apresentações do Grupo Walê Fulni-ô, uma tribo
indígena de Pernambuco.

O objetivo do encontro é fazer com que a garotada se familiarize com a
realidade do povo indígena, que teve fundamental papel na formação da sociedade
brasileira. Existem em todo o país cerca de 230 etnias indígenas e, segundo
Pablo Ravi, idealizador e arte-educador, “é preciso sair um pouco do livro e da
sala para aprender sobre os índios diretamente com eles, quebrando preconceitos
e estereótipos”.

As apresentações de danças, canções e rituais Fulni-ô para alunos,
professores e funcionários das escolas já passou por 600 escolas do DF e realizou
1,2 mil sessões culturais. Neste período o grupo passa por Ceilândia, Guará,
São Sebastião, Park Way, Taguatinga e Sobradinho II.

Confira a programação e a lista completa de escolas contempladas pelo
projeto:

Abril

27/04 – 8h – Raio de sol (Ceilândia)


27/04 – 10h e 14h – Centro de Ensino Infantil 01 (São Sebastião)

Maio

2/05 – 10h e 14h – Fazendinha (Ceilândia)


3/05 – 10h e 14h – Fazendinha (Ceilândia)

3/05 – 8h – Escola Classe BIlingue (Taguatinga)

4/05 – 10h e 14h – Escola Classe 17 (Sobradinho II)

4/05 – 8h e 16h – Escola Classe Rua do Mato (Sobradinho II)

7/05 – 10h e 14h – Escola Classe 01 (Planaltina) (atenderá alunos surdos)

7/05- 8h e 16h30 – Centro de Ensino Fundamental (405 Sul) (atenderá alunos
com deficiência visual)

8/05 – 10h e 14h – Escola Classe 02 (Ceilândia)


Foto: Pedro Dias

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: