Hospital de Ceilândia celebra 32 anos. (Com as mesmas reclamações e problemas)

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os 32 anos de funcionamento do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) serão comemorados hoje, às 14h, com uma palestra do projeto “Clube da Mulher Cuidada” no auditório da unidade. “O ‘Clube da Mulher Cuidada’ existe há mais de 15 anos na regional de saúde de Ceilândia e é voltado para mulheres que estão no início do climatério, uma parte do ciclo reprodutivo feminino”, informou a ginecologista e coordenadora do projeto, Maria Adnir Loiola.

Segundo a ginecologista, o clube atendeu mais de três mil mulheres, que trocam experiências e elevam a autoestima. “Muitas pacientes nos procuram com depressão e outras com queixas relacionadas ao climatério e à menopausa, como ondas de calor”, esclareceu Loiola. Para participar do projeto, as interessadas devem procurar o serviço de ginecologia do ambulatório do HRC ou assistir a uma das palestras do “Clube da Mulher Cuidada”, realizadas a cada dois meses.
Atendimentos 
Até abril deste ano, foram realizados mais de 200 mil atendimentos ambulatoriais e de emergência no Hospital Regional de Ceilândia. Apenas de janeiro a julho desde ano, o HRC realizou 2.497 cirurgias, 2.723 partos, 1.672 tomografias computadorizadas, 65.793 consultas ambulatoriais e 172.601 consultas de emergência.
No último ano, o hospital passou por diversas reformas, além da ampliação de alguns serviços, como sala amarela e vermelha no pronto-socorro adulto e os dez leitos na UTI adulto. O HRC também inaugurou um novo banco de leite humano, trocou os leitos dos pacientes por camas eletrônicas, e, no serviço de emergência, oferece atendimento em clínica médica, pediatria, cirurgia geral, ortopedia e ginecologia e obstetrícia.

Informou Agência Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: