Iniciativa Hospital Amigo da Criança faz treinamento em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Servidores que atuam no centro obstétrico, neonatologia, maternidade e pediatria do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) participarão do 57º curso da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) e aleitamento materno, entre os dias 5 a 7 de julho, das 7h às 13h.
“Vamos capacitar os servidores que trabalham com o binômio mãe-filho, tendo em vista que o HRC é Hospital Amigo da Criança desde 1996 e anualmente passa por avaliação do Ministério da Saúde”, informa a neonatologista Lyana Oliveira de Almeida, coordenadora da IHAC em Ceilândia.
O treinamento tem como objetivo capacitar as equipes no cumprimento dos 10 Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno e integrar os serviços que prestam assistência materno-infantil, destacando a amamentação como prática natural e saudável e o acolhimento humanizado da mulher desde o pré-natal até o desmame do bebê, o que pode acontecer após os dois anos de idade, como é preconizado pelo Ministério da Saúde.
A enfermeira Suely Cotrim, supervisora de enfermagem do centro obstétrico do HRC, destaca que o treinamento sobre aleitamento materno se faz necessário para manter a equipe envolvida com a mãe e o bebê, saber atendê-los e orientar corretamente. “Além de contribuir para a manutenção do título de Hospital Amigo da Criança mantém mais humanizado o serviço que acolhe a mulher num momento tão importante de sua vida”, ressalta Suely Cotrim.
A Secretaria de Saúde do DF tem nove hospitais com o selo da Iniciativa Hospital Amigos da Criança, além da Casa de parto de São Sebastião. Também fazem parte da rede os hospitais Universitário de Brasília (HUB) e o das Forças Armadas (HFA). Este título é conferido pelo Unicef e pelo Ministério da Saúde. Para ser Amigo da Criança, além de cumprir os Dez Passos, o hospital deve estar em conformidade com a NBCAL – Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras, Lei 11.265/2006.
Outros dois cursos acontecerão em setembro e novembro de 2016. Todos os servidores das unidades de saúde de Ceilândia podem participar, inclusive residentes e prestadores de serviços.
Os Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno são:
1 – Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida a toda a equipe do serviço.
2 – Treinar toda a equipe, capacitando-a para implementar essa norma.
3 – Informar todas as gestantes atendidas sobre as vantagens e o manejo da amamentação.
4 – Ajudar a mãe a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto.
5 – Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos.
6 – Não dar a recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que tenha indicação clínica.
7 – Praticar o alojamento conjunto – permitir que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia.
8 – Encorajar a amamentação sob livre demanda.
9 – Não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas.
10 – Encorajar o estabelecimento de grupos de apoio à amamentação, para onde as mães devem ser encaminhadas por ocasião da alta hospitalar.
*Informações SES/DF

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: