Jaqueline é denunciada.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Jaqueline é denunciada Foto: Thyago Arruda

Quatro dias antes do julgamento pelo plenário da Câmara dos Deputados, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pede ao Supremo Tribunal Federal que abra ação penal contra a deputada

 
Brasília247 – Na terça-feira, 30, a deputada federal Jaqueline Roriz, do PMN, será julgada pela Câmara dos Deputados por quebra do decoro parlamentar. Se o ministro Joaquim Barbosa aceitar a denúncia apresentada nesta sexta-feira contra a deputada pelo procurador-geral Roberto Gurgel, e o STF aprovar seu relatório, ela responderá a uma ação penal, independentemente do resultado na Câmara.
Jaqueline Roriz é acusada de ter recebido ilegalmente dinheiro, para sua campanha eleitoral em 2006, de Durval Barbosa, então secretário de Relações Institucionais do governo do Distrito Federal. Durval, que é beneficiado pelo mecanismo da delação premiada, filmou Jaqueline e seu marido recebendo o dinheiro para o caixa dois da campanha.

A expectativa é de que Jaqueline seja absolvida pelos deputados, sob a alegação de que os fatos ocorreram antes de sua posse como deputada federal. O Conselho de Ética recomendou a cassação da deputada, mas o voto no plenário é secreto é preciso ter maioria absoluta – 256 votos — a favor do parecer da comissão.      

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: