Jovem que manteve a mãe em cárcere privado está preso no DPE .

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Jovem que manteve a mãe em cárcere privado está preso no DPE Foto: PMDF

O apartamento, na 911 Norte, estava imundo, com montanhas de lixo. Polícia Militar encontrou mais de R$ 100 mil no local

 
Brasília 247 – O rapaz de 18 anos acusado de manter aprisionada a mãe, de 48 anos, foi levado na manhã desta quinta (6) à carceragem do Departamento de Polícia Especializada. R.L.C.N foi preso em flagrante, no condomínio Green Park, na 911 Norte, na tarde de quarta-feira (5). Ele é acusado de agredir e manter a mãe, Patrícia Zoghbi, refém em meio a um amontoado de lixo na quitinete onde moravam. Ele nega ter mantido a mãe presa, mas será indiciado por cárcere privado.
O porteiro do prédio suspeitou de que algo havia errado. Patrícia estava desaparecida há duas semanas. Ao ser chamado pelo próprio rapaz para levar a mãe ao carro porque ela não podia andar, o porteiro achou por bem chamar o atendimento médico. A mulher estava ferida e debilitada, mas o filho insistiu que não seria necessário. Mesmo assim, o porteiro ligou para o Samu.  
Segundo informações da 2ª DP (Asa Norte), a quitinete estava imunda, cheirando mal e com rastros de sangue. Havia, inclusive, pedaços de pele humana. A perícia vai averiguar se a pele é da mãe do jovem, encontrada com parte do couro cabeludo arrancado.
A polícia encontrou, também, R$ 110,8 mil em espécie e vários celulares no apartamento. O jovem explicou que a quantia era proveniente de uma pensão paga pelo pai, mas a Polícia Civil investiga a origem do dinheiro. A mulher está com a saúde debilitada, com 45 quilos, e corre o risco de perder um dos rins por decorrência de um soco que o filho teria dado. Ela está internada no Hospital de Base.

Brasília 247, Com informações do G1 e do ClicaBrasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: