Júnior Brunelli pode estar envolvido em desvios na Brasiliatur

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Após suspeitas de ilegalidades envolvendo um repasse de R$ 240 mil em emendas para a Associação Gideão de Assistência, o ex-distrital Júnior Brunelli está sendo investigado. A associação tem o mesmo endereço da Catedral da Benção, igreja pertencente à família de Brunelli, localizada em Taguatinga. 



Segundo informações, um convênio da empresa Brasiliatur com a Associação Gideão de Assistência, firmado em 2008, está sendo investigado após a associação ter recebido R$ 240 mil para que um evento fosse realizado em Ceilândia. Brunelli teria pedido em ofício ao presidente da Brasiliatur agilidade na liberação da verba.



Ainda de acordo com as informações, algumas pessoas responsáveis pela associação, como um presidente, um dirigente, e um intermediador de eventos, são pastores da igreja. O relatório mostra que orçamento de empresas que não atuam mais era usado para justificar os gastos da associação.



A Brasiliatur, que foi criada em 2007, foi fechada no ano passado por suspeitas de desvio de função. As contas da empresa continuam sendo investigada.



Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: