Lançada Frente Parlamentar de Defesa dos Idosos.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
                                        Valle: frente para garantir direitos dos idosos. Foto Rinaldo Morelli (CLDF)
Ao promover hoje (24) o lançamento da Frente Parlamentar de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, no auditório da Câmara, o deputado Joe Valle (PSB) prometeu destinar todos os anos, até o final da legislatura, um milhão de reais na lei orçamentária do DF para investir na solução de muitos dos problemas que afligem os idosos no Distrito Federal.
Valle afirmou que vai não apenas destinar os recursos, como também trabalhar pela sua liberação, além de fiscalizar o cumprimento das destinações orçamentárias constitucionais para as área de assistência social de saúde. Afinal, para o deputado, a frente vai atuar como um porta-voz do segmento, a fim de trabalhar para a recuperação da dignidade dos idosos.
Essa foi a tônica das manifestações dos deputados presentes ao lançamento da frente, como Liliane Roriz (PRTB), que afirmou estar pronta para somar nas lutas em favor dos idosos, lembrando que esse é um compromisso antigo, pois que o governo de Joaquim Roriz o DF já teve uma secretaria do idoso.
Para Evandro Garla (PRB), a criação da Secretaria do Idoso do DF foi uma consequência política de audiência realizada na Casa, no primeiro semestre, a fim de debater a violência contra os idosos. O deputado Olair Francisco (PTdoB) garantiu, por seu turno, que o Brasil tem sido injusto com quem passou dos 60 anos e que vai se alinhar com aqueles que querem diminuir as injustiças contra os idosos.
Caminhar juntos – A presidente do Conselho do Idoso do DF, Paula Regina de Oliveira Ribeiro, disse que a Casa é o fórum adequado para viabilizar os direitos dos idosos, pois as leis nela se fazem e é ela que também aprova o orçamento. Entre as medidas que já se impõem, segundo disse, está a alteração da Lei Orgânica para garantir a gratuidade ao transporte para idosos a partir dos 60 anos e a isenção do IPTU também a moradores do Plano Piloto.
A promotora de justiça Sandra de Oliveira Julião, da Central Judicial do Idoso, disse acreditar que um dos maiores problemas a serem superados é a articulação entre todos os órgãos que trabalham com a questão.
Também se manifestaram o secretário do Idoso do DF, Ricardo Quirino, e a primeira-dama do DF, Ilza Queiroz, que reafirmou seu compromisso com a causa e de trabalhar em sintonia com os órgãos especializados e a frente parlamentar lançada hoje.
CLDF.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: