Lei obriga GDF abrir caixa preta do transporte público.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Em até 60 dias, DFTrans terá de divulgar na internet dados como a relação completa dos veículos que prestam serviço ao governo, número de passageiros por linha e os custos do Sistema de Transporte.

O governo do Distrito Federal será obrigado a divulgar pela internet todas as informações referentes ao transporte público do DF. De autoria da deputada distrital Liliane Roriz (PSD), a lei 5171/13 foi sancionada na última sexta-feira (13) pelo governador Agnelo Queiroz (PT) e foi publicada no Diário Oficial do DF desta segunda-feira (16).

De acordo com a nova medida, o GDF terá de disponibilizar, por exemplo, a relação completa dos ônibus que integram a frota do Sistema de Transporte Público Coletido do DF, com dados como o número do registro, o modelo do veículo, a linha específica que liga duas localidades diferentes e a quantidade de passageiros transportados por ela.
“Esta lei é mais uma arma para que o cidadão cobre dos governantes a transparência na gestão. O que mais ouvimos são denúncias de veículos sucateados e piratas operando nas ruas. A publicidade destas informações vai ajudar a inibir, inclusive, a atuação de ônibus clonados, que são constantemente flagrados nas ruas do DF”, explicou a autora da lei, Liliane Roriz.
Além de informações técnicas, o site terá de disponibilizar também informações sobre as linhas operadas pelo sistema, identificando a empresa, o trajeto e os horários de partida de cada ônibus. “Será também uma excelente ferramenta para ajudar quem necessita de nossos sistema público de transporte e não sabe, por exemplo, o ônibus que precisa pegar para chegar a um determinado lugar no DF”, frisou a parlamentar. Os custos do sistema também terão de ser divulgados.
De acordo com a regra, todas essas informações terão de ser colocadas na página do DFTrans, órgão responsável pela gestão do transporte público no DF. O GDF terá, a partir de agora, 60 dias para fazer o levantamento das informações e disponibiliza-las ao usuário do transporte.
LEI Nº 5.171, DE 12 DE SETEMBRO DE 2013.

(Autoria: Deputada Liliane Roriz)

Dispõe sobre a obrigatoriedade de disponibilização na internet dos dados relativos ao transporte  público coletivo rodoviário no âmbito do Distrito Federal.
O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, FAÇO SABER QUE A CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:

Art. 1º Fica estabelecida a obrigatoriedade de disponibilização na internet, na página do Transporte Urbano do Distrito Federal – DFTRANS, dos dados relativos ao transporte público coletivo  rodoviário no âmbito do Distrito Federal.
Parágrafo único. Os dados a que se refere o caput devem ser atualizados semestralmente.
Art. 2º Para efeito desta Lei, devem ser disponibilizadas as seguintes informações:
I – relação completa dos ônibus que integram a frota rodoviária do Sistema de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal – STPC-DF, agrupados por empresa, com os seguintes dados:
a) o número de seu registro;
b) o ano de fabricação do chassi e do veículo;
c) o modelo do veículo;
II – número médio de usuários transportados diariamente;
III – quantidade de empresas de ônibus que operam no STPC-DF;
IV – idade média da frota de ônibus em circulação;
V – quantidade de veículos em operação no serviço convencional, no serviço autônomo rural e no serviço especial de vizinhança e a quilometragem média rodada;
VI – cópia das planilhas de custo do sistema convencional de transporte público;
VII – horários e itinerários das linhas do STPC-DF realizadas pelos ônibus.
Parágrafo único. As informações devem constar de forma clara, legível e de fácil entendimento da população.
Art. 3º O Poder Executivo tem o prazo de sessenta dias para fazer os levantamentos necessários e tornar públicas as informações descritas no art. 2º.
Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, 12 de setembro de 2013.

125º da República e 54º de Brasília


AGNELO QUEIROZ

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: