Loteamento irregular em Taguatinga pode ter lucrado até R$ 4 mi

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Um falso corretor foi preso nesta segunda-feira (8) durante uma operação de combate à ocupações irregulares da Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops). Ele foi flagrado enquanto negociava lotes em área pública no Assentamento 26 de Setembro, em Taguatinga. A venda do parcelamento ilegal poderia ter rendido até R$ 4,6 milhões ao suspeito.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: