Manifestantes do Novo Pinheirinho desocupam área em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 (Zuleika de Souza/CB/D.A Press)


Correio Web – Após um mês de ocupação, as 300 famílias que se instalaram numa área da QNR 1 de Ceilândia batizada de Novo Pinheirinho resolveram aceitar as propostas do governo e deixar o local de forma pacífica. Os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) irão receber durante três meses um auxílio-aluguel no valor de R$ 408, além de inclusão no Programa Morar Bem. A ação de reintegração de posse estava prevista para acontecer neste domingo (27/5).

O acampamento do MTST teve início em 21 de abril. A Justiça determinou a reintegração de posse, mas no último dia 3, mais de 200 integrantes do movimento tentaram invadir o Palácio do Buriti e houve confronto entre manifestantes e seguranças do Palácio.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: