Morador de rua é assassinado após ter estuprado cachorra de amigo.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Do Correio Web.

Um morador de rua foi morto na última terça-feira (20/9) e encontrado
próximo à administração regional do Guará, localizada na região do Guará
II. José Maria de Araújo, 58 anos, foi esfaqueado por outro morador de
rua, José Fernandes da Silva, 44, após supostamente ter estuprado a
cachorrinha do colega. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)
registrou o homicídio na 4ª delegacia (DP), responsável pela região, e
informou que a vítima morreu no local.

O delegado Marco Antônio
de Souza Silva, plantonista da 4ª DP, informou que a cadela foi
encaminhada para um abrigo, que cuida de cães de rua, localizado na Asa
Norte. “Um veterinário deve examinar o animal e saber se ele foi
realmente violentado sexualmente pela vítima”, diz Marco Antônio.

A
Polícia Civil chegou ao local após receber denúncias de que havia um
corpo próximo à administração. “Durante a conversa, Fernandes confessou
que matou o outro morador de rua por vingança”, conta o delegado.

José
Fernandes da Silva foi preso e encaminhado ao Departamento de Polícia
Especializada (DPE). Segundo o delegado Marco Antônio, o homem deve
pegar de 12 a 30 anos de prisão, por homicídio qualificado (sem chance
de defesa da vítima) e ficará à disposição da Justiça para responder
pelo crime. De acordo com o delegado, o fato de José Fernandes ter
confessado o assassinato pode fazer com que a pena seja reduzida”,
afirma.

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: