Moradora de Ceilândia denuncia ponto de assalto em saída de metrô.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Uma moradora de Ceilândia denunciou ao jornal Correio Brasiliense um ponto de assalto próximo a estação de metrô Guariroba. Segundo a auxiliar administrativa Valdineia Fernandes de Souza, os assaltos são corriqueiros no local. Ela reclama também da falta de policiamento da região.

Valdineia conta que foi assaltada na segunda-feira (7/7) por volta das 20h30 ao sair da estação e teve todos os documentos e o celular furtados. “Semana passada, eu e minha prima tivemos que correr dos bandidos. Minha vizinha também já foi assaltada nesse mesmo local”, reclama.

Uma escola próxima a estação está de férias, e a falta de alunos e funcionários circulando pelo local deixa o lugar deserto. Segundo Valdineia, os suspeitos agem a pé e de bicicleta, alguns deles armados. “Esse lugar é um perigo a noite, a partir das 20h, e deixa principalmente nós, mulheres, a mercê desses bandidos”, desabafa.

A auxiliar administrativa também reclama da falta de policiamento: “Não se vê uma viatura, pois além de pouco efetivo policial, estão todos preocupados com a Copa e a Fan Fest”.

O 8º Batalhão da Polícia Militar contou ao Correio que, apesar da Copa e da Fan Fest, o policiamento do local não teve alterações. Segundo o batalhão, cerca de 18 viaturas circulam em Ceilândia por dia.

“Infelizmente não temos condições de deixar uma viatura fixa em cada estação de metrô, mas temos sempre policiais, em trios ou duplas, caminhando pelo local. Tem muito crime acontecendo, mas também tem muita polícia resolvendo todas essas ocorrências”, contou o Aspirante Lino, do 8º BPM.
Correio Brasiliense

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: