Moradores embaixo de lonas

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Cerca de 200 pessoas invadiram uma área do governo do Distrito
Federal na altura do Setor O, em Ceilândia, às margens da BR-070. Os
ocupantes, que pertencem ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST)
reivindicam moradia. Um grande efetivo da Polícia Militar chegou a se
deslocar até ao acampamento que se formou. Houve uma negociação para
marcar uma reunião, neste domingo (17, com o secretário de Habitação,
Geraldo Magela.

Na tarde deste sábado (16), várias famílias se
mobilizaram e ergueram barracas de bambu e lonas. Uma cozinha
comunitária e um banheiro improvisado também foram montados. As famílias
questionam que todos estão, há anos, inscritos no programa habitacional
da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal
(Codhab), mas jamais foram contemplados.

Um dos líderes do
movimento, Edson Francisco da Silva afirmou que a ocupação é pacífica e
que essa foi a única maneira encontrada pelas família para conseguirem
um local para morar. “Muitas pessoas estão há 30 anos inscritos na
Codhab e com mais de 12 mil pontos. No entanto, toda a situação foi
zerada e as chances de conseguir um lote se perderam. Queremos que a
situação seja resolvida pelo governo”, disse.

Edson explicou que o
perfil das famílias que fazem parte do movimento envolve pessoas de
baixa renda e com os chefes das famílias desempregados. “Aqui só estão
pessoas que não possuem onde morar, pois não existe a condição
necessária para pagar aluguel. A maioria estava morando de favor em
cubículos. As propostas do governo atual sempre garantiam a moradia como
prioridade para a população do DF. Não é isso que está ocorrendo e
estamos lutando pelo nosso direito”, reclamou o líder do movimento.

Fonte:
ClicaBrasília
e Jornal de Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: