Morre aos 90 anos a ceilandense mãe de 32 filhos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Maria Madalena de Souza chegou a figurar no Guinness Book, o livro dos recordes, como uma das mulheres mais férteis do mundo
Faleceu na manhã desta terça-feira (25/01), aos 90 anos, dona Maria Madalena de Souza, uma das moradoras mais conhecidas de Ceilândia. Ela teve 32 filhos e chegou a figurar no Guinness Book, o livro dos recordes, como uma das mulheres mais férteis do mundo.
Cearense de Tamboril, ela nasceu no dia 22 de julho de 1920 e, aos 10 anos, conheceu Raimundo Carnaúba, com quem se casou ao completar 13.
Em 1961 o marido veio para o Distrito Federal com alguns dos (então) 26 filhos e foi se instalar na Vila do IAPI, no Núcleo Bandeirante. Poucos meses depois foi dona Madalena que trocou o Ceará pelo DF.
Da Vila do IAPI, a família mudou-se para Ceilândia, onde virou alvo da curiosidade de vizinhos e de jornalistas brasileiros e de diversos países que viajaram à cidade em busca de detalhes da curiosa história (clique AQUI para ler uma das reportagens).
Hoje os filhos vivem espalhados pelas cidades satélites do Distrito Federal. Dos 32 apenas 17 sobreviveram. São onze homens e seis mulheres. Uma das filhas, Maria das Medalhas, hoje com 57 anos, herdou a fertilidade da mãe: teve 15 filhos.
Segundo Luciana Carnaúba Barros, neta de dona Maria Madalena, o corpo será velado nesta quarta-feira (26/01), às 10h, no cemitério de Taguatinga.


Do 100% Ceilândia.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: