Morre Eurípedes Bueno, ex-técnico do Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Ceilândia x Tiradentes em 1982: Wilmar Gato era o goleiro e Eurípedes Bueno o treinador.

Ceilândia x Tiradentes em 1982: Wilmar Gato era o goleiro e Eurípedes Bueno o treinador.
Faleceu nesta quinta-feira, vítima de complicações cirúrgicas, uma das principais figuras do futebol profissional do Distrito Federal: Eurípedes Bueno. Eurípedes Bueno é um ícone do futebol da região mais populosa do Distrito Federal, representada por Taguatinga e Ceilândia. Nas décadas de 70 e 80,  Eurípedes Bueno despontou como uma das maiores referências do futebol do Distrito Federal, tendo se sagrado campeão por seis vezes. Foi campeão com o Gama (1979), Taguatinga (1989, 1991, 1992 e 1993) e com o Guará (aqui como gerente de futebol), em 1996. Eurípedes Bueno treinou o Ceilândia em duas oportunidades. Em 1982 e 1984.
No total Eurípedes Bueno conduziu o Ceilândia em 25 partidas oficiais, com sete vitórias, cinco empates e doze derrotas. Eurípedes Bueno estreiou comandando o Gato em 19 de julho de 1982,  no empate sem gols com o Taguatinga.  O gato, na oportunidade jogou com Wilmar Gato, TEixeira, Eudes, Lorival e Zé Nilson; Alves, Messias e Marcos Torpedo. Zecão e Piau no ataque. O Taguatinga formou com Dico, Edson, Duda, Carlos Roberto e Cuca; Alencar, Wander e Janio (Paulo Hermes); Mario Jorge, Roque e Geraldinho. O técnico do Taguatinga era Carlos Morales.
Teixeira: o maior lateral esquerdo do CEC de todos os tempos

Teixeira: o maior lateral esquerdo do CEC de todos os tempos
Ao longo da competição, Eurípedes foi moldando o Ceilândia. Jogadores como Joãozinho, o segundo maior artilheiro do DF em todos os tempos, e Som (a dupla de Brazlândia) juntaram-se a Zé Vieira, Tião e Teixeira para formar um belo time. Mais importante: esse time assistiu o nascimento do maior ídolo do Gato em todos os tempos: Dorival.
O último jogo em que Eurípedes Bueno comandou o CEC foi contra o Brasília, então bicho-papão da época, em 7 de julho de 1984: vitória do Ceilândia por 1 x 0. No turno, com Eurípedes no comando, o Gato também vencera: 2×1.
TécnicoJogosVEDGFGSS
Adelson de Almeida822729261071070
Mauro Fernandes40171013815526
José Antônio34714921201
Seu Chicão30710132349-26
Brito28109929245
Rubens Meirelles “Rubinho”2675112035-15
Euripedes Bueno2575121731-14
Renê213971117-6
Zé Vieira181034251213
Décio Leal148511569
Ceilândia EC

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: