MPDFT promove encontros com educadores para discutir violência nas escolas de Ceilândia, Gama e Riacho Fundo

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O Grupo de Apoio à Segurança Escolar (Gase), do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), promoverá três encontros para educadores de escolas públicas nas regiões de Ceilândia, Gama e Riacho Fundo nos dias 19/9, 24/9 e 1º/10, respectivamente. Trata-se de um desdobramento da campanha nacional de combate à violência “Conte até 10. Paz. Essa é a atitude”. O objetivo é apresentar a cartilha “Conte Até 10 nas Escolas” como ferramenta na prevenção à violência e fomentar o debate sobre o respeito, a valorização da vida e a tolerância.
As palestras serão realizadas pelo promotor de Justiça de São Paulo e membro auxiliar do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) Antônio Carlos Ozório Nunes. Ele explicará o conteúdo, o manejo e a aplicabilidade da cartilha, incentivando a incorporação do instrumento pedagógico ao currículo escolar das instituições de ensino do DF, a exemplo do que ocorre desde o seu lançamento em diversos estados, como Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Paraíba, Sergipe e Amazonas.

A cartilha possui roteiros de aulas para o professor do ensino médio, visando enriquecer o debate em torno do tema da violência e das formas de enfrentá-la. O material foi elaborado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e a Estratégia Nacional de Segurança Pública (Enasp), composta pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), pelo Ministério da Justiça (MJ) e pelo próprio CNMP.

* Saiba mais sobre a Campanha Conte até 10 nas Escolas

A campanha lançada nacionalmente em 2013 destina-se à educação do adolescente para uma cultura de paz. A realização dessa campanha nas escolas, especialmente no ensino médio, pretende contribuir para a capacidade de reflexão crítica do jovem para diversas decisões da vida. Outro motivo são as estatísticas de violência no País. De acordo com o Mapa da Violência 2013 – Homicídios e Juventude no País, o volume de homicídios contra jovens de 15 a 24 anos corresponde a 39,3% das mortes ocorridas entre a população jovem brasileira. Em outras faixas etárias, os homicídios respondem por 3% dos óbitos. A campanha “Conte até 10” dissemina uma mensagem de paciência, tolerância e reflexão para evitar atos de violência, especialmente homicídios, cujas consequências são individual e socialmente desastrosas.
 

Serviço
“Conte Até 10 nas Escolas”
Datas/locais: 

19/9 – Ceilândia – QNM 11, lotes 1 e 2 – Centro Urbano de Ceilândia-DF


           24/9 – Gama – Quadra 1, lote 860,880/900 – Setor industrial leste

1º/10 – Riacho Fundo I, QS 2, Lote “A”, Plenário do Tribunal do Júri


Horário: das 10h às 12h

Informações do MPDFT

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: