MPF não explica exclusão de Roriz da Pandora

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O Ministério Público Federal ainda não explicou a ausência do ex-governador Joaquim Roriz no rol de acusados do escândalo Caixa de Pandora, e o procurador-geral Roberto Gurgel também deveria explicar melhor a afirmação de que o dinheiro sujo entregue por Durval Barbosa à filha de Roriz, em 2006, atendida ao interesse do rival, José Roberto Arruda. A menos que, para Gurgel, Durval também gravava o futuro.
Os vídeos de Durval distribuindo dinheiro sujo são datados de 2005 e 2006, quando Roriz era governador. O governador que nomeou Durval.

Claudio Humberto

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: