MTST fará mais manifestações no último dia para reintegração de terra em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 (Joana Dos Santos Cabral)

Do correio Web
Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) criam resistência contra uma possível reintegração de posse e prometem mais um dia de tensão. O prazo para desocupação do terreno que os manifestantes ocupam na QNR, em Ceilândia, conhecida como Ocupação Novo Pinheirinho, termina nesta sexta-feira (4/05).

Antevendo a possível ação da polícia, os integrantes do movimento cercaram a ocupação com pneus, e colocaram gasolina em alguns pontos, prontos para atear fogo caso algum policial se aproxime. Os manifestantes dizem estar prontos para usar força, se necessário, para permanecer na área. Eles estão munidos de facas e coquetel molotov.

Um dos coordenadores do movimento, Agrilson de Abreu Santos, 32 anos, reforçou a seriedade da situação e a possibilidade de um enfrentamento caso os policiais tentem retirá-los do local. “Se a polícia vier, pode trazer o IML junto, porque vai sair gente morta daqui. A gente está disposto a morrer para ter nossa casa.”

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: