Muito salário, pouco voto.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Na direção do PSB local, a filiação de egressos do partido pelo PT vem sendo tratada com desdém. Os caciques do PSB chamam a transferência de “muito salário para pouco voto”, em uma referência à condição dos migrantes: quase todos têm cargos no Governo do Distrito Federal e os que já tentaram aventuras eleitorais receberam pequena votação. 
Peso simbólico

Para o PT brasiliense, a filiação tem grande importância simbólica, tanto assim que até o presidente nacional do partido, Rui Falcão, e o ministro Gilberto Carvalho compareceram ontem à cerimônia. Representa, na opinião deles, um sinal de que é possível minar o partido que, ao menos por enquanto, é o único a ter uma candidatura já desenhada ao Buriti.

Por Eduardo Brito

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: