Mulher acusada de matar marido a pauladas e facadas em Ceilândia irá a juri popular

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uma mulher, acusada de matar o marido a pauladas e facadas, será julgada nesta terça-feira (25/7) pelo Tribunal do Júri de Ceilândia. Segundo informações do Tribunal de Justiça (TJDFT), no processo conta que Eva Oliveira Barbosa Diniz responde por homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, meio cruel e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. 

A vítima, Damião Diniz do Nascimento, era pastor e foi morto enquanto tirava um cochilo no chão da sala da casa do casal, em Ceilândia. O crime ocorreu em setembro de 2016. Em depoimento à justiça, Eva confessou o homicídio, mas alegou que sofreu, durante anos, abusos e violência por parte do marido. Ela foi presa em flagrante no dia seguinte ao homicídio e respondeu ao processo em regime fechado. 
 
Com informações do TJDF 

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: