Novacap vai multar construtora em caso de atraso na UnB Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Previsão de entrega do primeiro prédio é para março. Governo vai fazer calçadas do entorno do campus depois do carnaval

A Novacap vai multar a empresa UniEngenharia caso o primeiro prédio da UnB Ceilândia não fique pronto até o fim de março. A Unidade de Ensino e Docência (UED) tem oito laboratórios e um auditório que precisam ser utilizados no primeiro semestre de 2011. Até agora, existe previsão de entrega de apenas quatro laboratórios antes do carnaval, que serão montados até o início das aulas.

A preocupação com o ritmo das obras foi repassada à Novacap – responsável pela construção do novo campus – pela diretora da UnB Ceilândia, Diana Pinho. “A expectativa de começar a ocupar pelo menos a UED é muito grande entre os alunos”, diz Diana. “Eles têm medo de terminar o curso sem aproveitar todo o potencial da nova sede”.

“Se eles não cumprirem o prazo, serão penalizados”, afirma Maruska de Holanda, diretora de Edificações da Novacap. O segundo prédio, que deveria ficar pronto em março, também é motivo de preocupação. Segundo Diana Pinho, o ritmo dos trabalhos é muito lento. “Parece que a empresa não tem capital nem crédito para contratar mais trabalhadores e acelerar as obras”, diz Alberto de Faria, diretor do Centro de Planejamento Oscar Niemeyer (Ceplan) da UnB. 

Na reunião com a professora Diana, a diretora da Novacap também anunciou que depois do carnaval vão começar as obras da calçada de acesso e do estacionamento do campus da Ceilândia. O prazo para finalização dessas obras é de dez dias.

Neste semestre, serão usados apenas os laboratórios da nova sede. As salas de aula continuarão no Centro de Ensino Médio nº 4 e na Escola Técnica da Ceilândia. São 14 salas e dois auditórios, espaço pequeno para quase 1.500 alunos. “Temos uma taxa de ocupação das salas de 90%, enquanto no campus Darcy Ribeiro essa taxa é de 60%”, afirma a diretora. “Nosso espaço atual foi planejado para durar até o 4º semestre, e já estamos indo para o 6º”. O deslocamento do Centro de Ensino para a nova sede será feito por um ônibus da UnB.

Segundo Diana Pinho, a falta de espaço reflete-se diretamente na oferta de disciplinas optativas. “Já oferecemos algumas no horário de almoço, mas é uma oferta mínima”, afirma. “No próximo verão, vamos oferecer um número maior dessas disciplinas, que enriquecem o curriculo do estudante”.

Na próxima quinta-feira, haverá uma reunião entre a UnB, Novacap e UniEngenharia para acertar os detalhes da entrega do prédio. Há inclusive a proposta de comemorar o aniversário de Ceilândia, no dia 27 de março, já no novo campus. Nesta quarta-feira, às 10h, haverá um encontro com os alunos para explicar como será o início do semestre.



Mais Comunidade.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: