O “piti” de Arruda.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 O ex-governador de Brasília, José Roberto Arruda, não desse mesmo do salto. A reunião para decidir o destino político do candidato foi marcada por um “piti” com direito a sapateado e tudo mais.
Arruda bateu o pé para sair como candidato a cabeça de chapa, o argumento usado pelo grupo de oposição é que devido o desgaste no escândalo Caixa de Pandora, o ex-governador deveria apoiar um candidato ficha limpa. Arruda bateu o pé e disse que tem direito de tentar outra vez.

Os partidos que estavam assediando o ex-governador serviram de bucha de canhão, pois na sua engenharia política Arruda ficou com o PROS, que ate agora não havia se manifestado. Dessa vez o engenheiro e ex-governador tirou o coelho da cartola e será o candidato a sucessão de Agnelo Queiroz, provavelmente Arruda, Roriz e outros candidatos têm grande chances de assumir a cadeira no Palácio do Buriti já que Agnelo Queiroz segundo as pesquisa teve um governo medíocre.
Se depender de popularidade a dobradinha Agnelo e Filippelli não terá votos nem para deputados distritais, mas como Arruda anda flertando com o PT e agora no PROS que foi criado como apêndice da base aliada pode até negociar uma administração regional para Tadeu Filippelli e Agnelo, no caso da derrota nas urnas em 2014.

Informou Quidnovi

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: