Obrigatoriedade de diploma para jornalista no serviço público do DF é aprovada na CEOF.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
                                                Agaciel Maia foi o relator do projeto (Foto: Silvio Abdon/CLDF)

A graduação em curso de jornalismo pode voltar a ser uma exigência para o exercício da profissão de jornalista, pelo menos no que diz respeito aos cargos efetivos e empregos permanentes da administração direta e indireta do Distrito Federal. É isso o que prevê o projeto de lei nº 1454/2009, de autoria da então deputada distrital Erika Kokay, à época líder da bancada do PT na Câmara Legislativa. O PL foi relatado na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) pelo presidente da comissão, deputado Agaciel Maia (PTC), e foi aprovado nesta terça-feira (16) com quatro votos favoráveis e uma ausência.
Antes de ser apreciado em Plenário, a proposição ainda precisa passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Legislativos de estados como Mato Grosso, Minas Gerais e Paraná também têm propostas sobre o assunto.
CLDF.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: