ONS E OFFS, por Lívio di Araújo.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Expert

A deputada Eliana Pedrosa (PSD) pensa rápido. Ao perceber o risco dos hemofílicos de perderem R$ 2,5 milhões para serem injetados nas empresas de limpeza que prestam serviço ao governo local, a distrital elaborou emenda ao projeto original para suspender a transferência. A parlamentar foi além. Em vez de cancelar a suplementação do crédito para a limpeza e manutenção, Pedrosa defendeu, no texto, que retirasse o referido valor da reserva de contingência do GDF, que só pode ser utilizada em casos mais urgentes. E tudo por uma lógica: Eliana é empresária do ramo e conhecida pelos contratos que sempre manteve com o GDF. Com a jogada, a distrital não ganha apenas a simpatia dos hemofílicos, mas também dos colegas do ramo empresarial. Com certeza, ficarão eternamente gratos.  Gentilmente
O Capital Fashion Week, tão criticado por muitos por ter usado o espaço da Câmara Legislativa, também foi gentil com os deputados. Além de não gastar nenhum centavo da luz, água ou café da Casa (tudo foi levado pelo próprio evento, inclusive gerador), cedeu a tenda montada na área dos jardins na sede da CLDF – onde se instalou o Capital Fashion Business – para que fosse realizada a festinha de fim de ano dos servidores da Câmara, que acontecerá nos próximos dias.
 Coça-coça
Ontem, (quinta), o vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB) foi alvo de muita cara torta durante a entrega da medalha oferecida pela Polícia Militar. Nada de questões políticas ou ideológicas. O climão surgiu por causa da roupa do peemedebista. Algumas aliadas reclamavam abertamente que ao receberem um abraço dele, o terno usado causava muita coceira e desconforto nas militantes.
 
O Administrador de Águas Claras, Manoel Carneiro, se preparar para ser candidato em 2014. Na semana passada, esteve almoçando com o ex-governador Rogério Rosso no restaurante Bier Fass, no Gilberto Salomão. Cardápio? PSD, claro!

Por sete votos a zero o deputado distrital Wellington Luiz (PPL) ficou livre da cassação no TSE. O julgamento traz alívio ao parlamentar e também é animadora para o deputado Raad (DEM), que após igualmente ter sido cassado pelo TRE, recorreu da decisão junto ao TSE.

A segurança no Eixo Rodoviário Norte-Sul foi a pauta da primeira reunião entre o GDF, órgãos e entidades de preservação e conservação de Brasília e representantes de organizações civis. Uma das medidas a ser implementada será aumento do número de pardais de 23 para 31 ao longo do Eixão.
Fonte: Blog do Odir/ Coluna Ons e OFFs/ Lívio Dí Araújo/ Jornal Alô

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: