ONS E OFFS, por Lívio di Araújo.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ela foi de 13

Surpreendente a declaração da deputada distrital Eliana Pedrosa (PSD) ontem no plenário da Câmara Legislativa. No comunicado de líderes, durante aparte à fala do deputado Chico Vigilante (PT), a ex-democrata solta a pérola: “Eu votei no Agnelo, mas não podemos colocá-lo acima do bem e do mal. Torço para que a investigação chegue a alguma conclusão”.

Eliana divulgou seu voto no governador Agnelo Queiroz (PT) bem no dia em que o presidente do DEM-DF, Alberto Fraga, de quem Eliana é amiga, esteve na Câmara Legislativa. Vale lembrar que Fraga, o DEM e Eliana apoiavam oficialmente (pelo menos) a candidatura da adversária de Agnelo, Weslian Roriz (PSC).

A distrital, contudo, já havia dado demonstração anterior a esta, de que seu “partido dos sonhos” é o PT. Na eleição indireta para governador, em 2010, Eliana foi a única deputada governista a votar em Antônio Ibañez – que teve, além dos votos dos quatro petistas, o de Reguffe.

NOTAS
 
No espeto

 
A churrascaria em que o governador Agnelo Queiroz (PT) comemorou seu aniversário na noite de ontem esteve lotada de aliados. Inclusive nomes do PT nacional, como José Dirceu e o presidente nacional da legenda, Rui Falcão. Distritais, secretários e claques também estiveram presentes. Contudo, outra estrela brilhou no evento: o deputado distrital Chico Vigilante. Protagonista da defesa do governador diante das denúncias que pipocam tentando desestabilizar o governo, Chico, que ganhou até o apelido de “Geraldo Naves”, foi muito parabenizado pela sua atuação na Câmara Legislativa.

Bubble Gum

Na terça-feira, dia de tensão na Câmara, um deputado da base – petista, inclusive – parecia estar alheio a tudo o que acontecia ao seu redor. Durante acalorado debate entre oposição e situação no plenário, o deputado Chico Leite, protagonizou cena inusitada: virou sua cadeira dando as costas ao deputado Chico Vigilante, que estava com a palavra, e, olhando para os jornalistas, parecia posar enquanto, desligadamente, mascava seu chiclete.

Quem é você?

Não passou despercebido por ninguém o desconforto do encontro de ontem entre o deputado distrital Raad (DEM) e representantes do DEM nacional e PSDB na Câmara. Os partidos, que estiveram na Casa para protocolar pedidos de impeachment contra o governador do DF, foram recebidos com pompa pelos distritais. O presidente da Casa, deputado Patrício, reforçou a segurança. As deputadas Celina e Liliane foram chamadas pelos parlamentares para próximo. Raad, visivelmente desconfortável – o distrital tem postura independente – sentou-se mais afastado. Porém, com a chegada do deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO), Raad  se levantar e deixou a cadeira para o colega de partido.

UM NÒ

Segundo uma fonte, o nome de Telma Rufino é o mais cotado para assumir a nova Secretaria de Condomínios do GDF. Ontem, quando a coluna procurava Telma para repercutir o off, a ex-candidata a distrital e presidente da Associação de Moradores de Arniqueiras, estava em visita à Câmara dos Deputados, onde tomava cafezinho com deputados do PMDB e do PT.

A deputada federal Érika Kokay (PT) parece ter mudado não apenas de Câmara (pois saiu da Legislativa do DF rumo à federal), como também de discurso. Durante seu tempo como distrital, sempre foi defensora da liberdade de imprensa. Defendia isso também como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Ética da Casa. Mas ontem, sem seu Twitter, dava claras demonstrações de que mudou de ideia: quer a regulamentação da mídia.

OAB/DF anunciou que manterá seu apoio ao movimento contra a corrupção. A entidade vai participar da “2ª Corrida e Caminhada – Venceremos a Corrupção”, marcada para o dia 11 de dezembro. Se para a OAB, com tudo o que vem acontecendo, caminhar e correr vai salvar o Brasil, dá-lhe São Silvestre em nossas vidas!

Por Lívio di Araújo.

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: