ONS E OFFS, por Lívio di Araújo.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notas


Raad é PPL

O governador Agnelo Queiroz (PT) ganhou ontem novo aliado: o deputado distrital Raad (PPL). Ontem, no Clube dos Servidores da Novacap, o ex-democrata assinou filiação ao novo partido e também sua nova postura diante do governo. “Deixo de ser independente para ser base. O governador Agnelo e o vice Tadeu Filippelli podem contar comigo em suas lutas pelo bem de Brasília”, discursou. O evento foi bem prestigiado, contou com a executiva nacional do partido, o governador e o vice e muitos militantes. “Nunca fui tão bem recebido em uma legenda”, disparou Raad.

Base recorde

Com a ida oficial de Raad para a base, o Executivo passa a contar com a menor de todas as oposições da Câmara Legislativa desde sua criação. Nenhum governador, até hoje, contou com o apoio de 21 deputados distritais da Casa. Apenas três (Liliane Roriz, Celina Leão e Eliana Pedrosa) são oposicionistas no Legislativa. Teoricamente…


Dança das cadeiras

As mudanças de partidos também deixaram, além da oposição, algumas legendas sem chão. O Democratas, por exemplo, perdeu, em menos de um ano, os dois deputados distritais eleitos. Com quantidade de votos significativa, diga-se de passagem. Eliana rumou para o PSD e Raad para o PPL. O PSDB também sofreu baixa perdendo sua única cadeira na Casa. Washigton Mesquita também se filiou ao PSD e virou governista. A dança das cadeiras deixou ainda os nanicos PMN, PRTB e PSC sem representatividade. Mesmo tendo eleito cada um deles um distrital, Celina Leão, Liliane Roriz e Wellington Luiz deixaram as legendas rumo ao PSD e PPL, respectivamente.


Pé de igualdade

O PPL já entra 2012 existindo com dois deputados distritais na bancada. Partidos como o grande PMDB e o PPS também têm dois distritais.

Um nó

Hoje é dia de reunião entre o governador Agnelo Queiroz e os deputados distritais da base. O encontro está marcado para as 9h, na residência oficial de Águas Claras.

O presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, que estava submerso nos últimos meses, participou da 2ª Corrida e Caminhada Venceremos a Corrupção, na Esplanada dos Ministérios. A atividade teve o apoio da Ordem que, segundo Caputo, não será tolerante com atos de corrupção.

O GDF enviou nota à imprensa onde chamou de “tentativa criminosa de atacar a imagem do governador Agnelo a irresponsável e repugnante” reportagem “A próspera família de Agnelo”, publicada na edição 2196 da revista Istoé, que caiu como uma bomba nos bastidores da política, que espera ter um Natal mais calmo este ano. Ainda segundo a nota, “revista e repórter serão processados”.

Por Lívio di Araújo

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: