Onze pessoas foram presas no DF e entorno por crime eleitoral.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Onze pessoas foram presas pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (9/2), em quatro cidades do Distrito Federal e Entorno por crime eleitoral.
De acordo com as informações divulgadas pela Superintendência da PF, todos são suspeitos de transferir ilegalmente o título de eleitor do DF para Águas Lindas, cidade a 47 quilômetros de Brasília.

Segundo o delegado Vítor Campos, durante a operação, intitulada Anhuma, os policiais apreenderam com os suspeitos vários comprovantes de residência falsos, usados para conseguir a transferência do estado de votação. As prisões ocorreram em Ceilândia e Brazlândia, Planaltina (GO) e Valparaíso (GO). Vítor Campos disse que a prática do crime é muito comum em período de eleições, caso de Goiás, que passará pelo pleito municipal em 2012.

A polícia continuará as investigações para descobrir se há mais eleitores que cometeram as fraudes e também quais foram os políticos que os aliciaram. Os presos responderão à Justiça pelo crime de declaração de informação falsa e podem pegar até cinco anos de prisão.




Guilherme Amado
 e Jacqueline Saraiva para o Correio Web.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: