Operação Átrio e a pergunta. Como Jales tomou conhecimento antecipado de sua prisão?

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O filho e defensor de Carlos Sidney, Manoel Neto fez uma acusação grave. “Todo mundo soube do mandado de prisão, menos meu pai”, protestou.

O ex-administrador de Taguatinga Carlos Jales, também investigado no esquema de pagamento de propina para liberação de alvarás, foi informado da existência da operação pela madrugada e fugiu. 

Deixou para trás a esposa, duas filhas e os seus telefones celulares. Sabia o administrador que se levasse os aparelhos, poderiam ser rastreados pela polícia.

Segundo fontes, sua esposa foi apanhada de surpresa, e ao ver a movimentação estranha à sua rotina, questionou e recebeu do administrador como resposta “que precisaria sair,” segundo ele, “iria resolver um problema urgentemente” e sumiu.

Jales não deixou para trás só a família e os telefones, deixou a pergunta: quem foi informado da operação com antecedência e foi apanhar o administrador em sua casa para lhe dar fuga?

Fonte: Edson Sombra / Redação com informações do Correio Braziliense – 11/11/2013

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: