“Os alteres são minhas fontes”

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Deputados novatos deveriam fazer um curso antes de assumirem seus mandatos para evitar certo tipo de gafes e entender o que é, exatamente, a palavra “decoro”. Quando se é despreparado, acabam fazendo muita besteira. Uma badalada academia da cidade foi palco para que um suplente soltasse a língua e dissesse tudo o que pensa sobre um colega da Câmara Legislativa. Esqueceu-se do ditado: “Em boca fechada não entra mosquito” e esqueceu-se que, em Brasília, as paredes e até os equipamentos de malhação têm ouvidos.



Ons e Offs, por Lívio di Araújo

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: