“Palhaço” é condenado a 16 anos de cadeia por atear fogo em duas pessoas em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Em julgamento realizado nesta terça-feira, 28/7, o Tribunal do Júri de Ceilândia condenou o acusado, Fabrício da Conceição Silva, malabares conhecido como “palhaço”, a 16 anos e 4 meses de reclusão, pelo homicídio de Antônio Batista Cariri e pela tentativa de homicídio de Arismar Rocha Honório.



De acordo com os autos, no dia 16 de outubro de 2013, por volta das 22h,
na QNM 4 de Ceilândia Norte/DF, o acusado teria ateado fogo contra as vítimas
devido à discussão firmada entre uma delas e o acusado, sobre este último estar
atrapalhando jogo de sinuca.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: