Panificadoras do DF terão linha de crédito especial do BRB

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O BRB vai financiar a troca de máquinas e outros equipamentos usados diariamente pelas 1,2 mil padarias do Distrito Federal. Esse é o principal resultado da reunião entre o presidente do BRB, Edmilson Gama e Silva, do Sindicato das Indústrias da Alimentação de Brasília (SIAB), Jose Joffre Nascimento, e a deputada distrital Celina Leão (PMN). O presidente do banco anunciou, ainda, durante a segunda reunião sobre o assunto, que o BRB vai criar uma linha de produtos e serviços exclusivos para o setor.

“Nosso setor necessita de financiamento voltado para a troca de maquinário e outros equipamentos, vital para o crescimento das panificadoras que produzem diariamente cerca de 5 milhões de pães consumidos no DF”, ressaltou o presidente do SIAB, Joffre Nascimento. O movimento para reivindicar os benefícios do BRB para o setor de panificação foi encabeçado pelos deputados distritais Celina Leão e Wasny de Roure (PT), que, junto com representantes do setor, tiveram uma primeira reunião com o banco no início de junho.

A deputada distrital Celina Leão fez questão de destacar o trabalho técnico do banco para assessorar os empresários. “Essa iniciativa mostra que o banco está preparado para crescer e que é realmente o banco da cidade, que pensa no desenvolvimento da capital. Os empresários terão condições de se desenvolver com condições diferenciadas e o consumidor final será beneficiado, já que o produto final não sofrerá reajustes a partir dos investimentos dos empresários”, explicou.

A troca dos equipamentos das 1,2 mil panificadoras do DF obedece à Norma Reguladora nº 12, do Ministério do Trabalho, que traz novas orientações com relação à segurança dos empregados do setor. A estimativa dos empresários é de que as adequações fiquem entre R$ 60 mil a R$ 100 mil, dependendo do tamanho do estabelecimento. Além da linha de crédito para a compra dos equipamentos, o BRB também vai oferecer empréstimos destinados a pequenas reformas, entre outros produtos. A intenção é que as panificadoras estejam adaptadas para a Copa de 2014. O BRB também estuda a instalação de postos do banco nas padarias, o que vai atender melhor a população e os turistas.

 


Fonte: CLDF/Blog do Sombra

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: