Parlamentares abrem mão de benefícios

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Deputados federais da bancada do Distrito Federal resolveram abrir mão de parte dos benefícios a que têm direito no Congresso. José Antônio Reguffe (PDT) levou para a esfera federal sua prática de austeridade da Câmara Legislativa – recusou até o fim do mandato o recebimento do 14º e 15º salários, 80% da cota de verba indenizatória, 20% da verba de gabinete, o auxílio moradia e as passagens aéreas. Já Geraldo Magela (PT) foi mais comedido, mas recusou o 14º e 15º salários a que teria direito. A medida foi tomada antes de o deputado se licenciar para assumir a Secretaria de Habitação.


Do Blog da Paola.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: