Pelo menos 8 pessoas são assassinadas no DF em 24 horas, e esse número pode aumentar.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Pelo menos oito pessoas foram vítimas de homicídio entre a manhã de sábado (25) e de domingo (26) no Distrito Federal. A maior parte das vítimas era homem e morreu baleada. Uma mulher foi morta a tiros pelo ex-companheiro. Os crimes ocorreram em Ceilândia, Gama, São Sebastião, Recanto das Emas e Samambaia.

Na manhã deste domingo, uma mulher foi assassinada em Samambaia pelo ex-marido. Ela levou três tiros na cabeça, segundo informações da Polícia Civil. O crime ocorreu na QR 407, conjunto 7, perto da Igreja Missionária.
Na mesma região, um homem foi assassinado na quadra QR 511, mas a polícia não informou a identidade ou as circunstâncias do crime.
Pela madrugada, duas pessoas foram assassinadas no Gama. Uma delas foi baleada na Avenida São Francisco, em Ponte Alta Norte. Jocenir Gomes Ferreira, de 22 anos, chegou a ser encaminhado para um hospital da região mas morreu no local. A segunda vítima foi morta na quadra 11 do Setor Sul.
Na manhã de sábado, em Ceilândia, um homem de 42 anos foi assassinado com pelo menos cinco tiros dentro do carro no Sol Nascente. A vítima foi baleada no peito, no tórax e dois tiros acertaram o rosto.
Segundo a Polícia Militar, o corpo de Wilson Bernardo Araújo foi encontrado em frente a uma casa na QSC 2, conjunto F. Familiares disseram a policiais que o suspeito já havia tentando matar a vítima na sexta-feira (24) e já teve um relacionamento com a esposa do homem. O suposto assassino ainda não foi localizado pela polícia.
Também no sábado, um homem foi morto a tiros na quadra 50 do Setor Leste do Gama.
No fim da tarde, por volta de 18h, um jovem levou três tiros na cabeça. Segundo a 30ª DP, o fato ocorreu na quadra 305, entre o conjunto 8 e 9, no Setor Industrial de São Sebastião.
No Recanto das Emas, um homem de 25 anos foi baleado ao ser chamado para fora de casa, na quadra 104, conjunto 3. O crime ocorreu por volta de 21h30. Próximo ao corpo foram encontrados oito cápsulas calibre .38. A 27ª DP investiga o crime.
Com o aumento constante da criminalidade no DF, esse número macabro pode se alterar. 
Com informações do G1

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: