Planetário de Brasília, programação boa pra quem toma LSD.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Secretaria de Ciência e Tecnologia alterou a programação do Planetário de Brasília depois que visitantes reclamaram da exibição de um filme que não atendia à proposta do espaço.
O Planetário foi reaberto na última quinta-feira (12), após ficar fechado por 16 anos; o local foi reformado ao custo de R$ 13 milhões.

A jornalista Daniela Guima levou a filha de 6 anos para conhecer o espaço neste sábado (14) e disse que, apesar de ter ficado impressionada com a estrutura física do Planetário, se decepcionou com a qualidade do filme exibido, que mostrava apenas o fundo do mar.
“Eles apresentaram um filme do peixinho, um peixinho de péssima qualidade”, disse. “Não tinha nada de estrela, nada de universo.”
Daniela disse que reclamou com um atendente no local e que foi mal atendida.
“Eles disseram que o conceito de planetário havia mudado, que planetário hoje em dia é para disseminar todo e qualquer conhecimento”, disse. “Eu disse para ele que o filme não tinha nada de conhecimento e que eu esperava ver planetas e estrelas. Ele disse que se eu quisesse ver estrelas, era para levar minha filha para a fazenda e para sair com ela à noite.”
A Secretaria de Ciência e Tecnologia informou que o desenho animado dos peixes deixou de ser exibido por causa das reclamações, mas que pode voltar à programação, já que a exibição também recebeu elogios. Segundo a pasta, outros filmes serão inseridos na programação gradualmente.
De acordo com a pasta, três mil pessoas já visitaram o Planetario desde que ele foi reaberto.
Com informações do G1

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: